• maebilingue

Lucas, tu fala inglês?

Atualizado: 10 de Jun de 2019

Lembro de um dia ir numa fruteira com o Lucas quando ele devia de ter uns dois anos. Chegando lá, uma senhora ouviu/viu eu conversando com o Lucas em inglês e ao se aproximar disse: Ai que querido, tu fala inglês? Queria ter tirado foto da cara que ele fez ao ouvir essa pergunta, mas foi mais ou menos, assim




Essa situação se repetiu mais mil vezes.


Sim, ele fala inglês e português mas ele não tinha a menor ideia que existiam códigos ou línguas e muito menos que inglês era o nome de uma delas. A gente não olha uma criança monolíngue falante de português e diz: amada, tu fala português? Já tentaram fazer essa pergunta para uma criança menor de 3 anos para ver qual a reação? Para falar a verdade eu não sei com que idade que a gente aprende o nome da língua que falamos. Vocês sabem?


Bom, eu nunca senti necessidade de dizer para o Lucas que ele falava duas línguas, mas eu tinha necessidade de que ele usasse uma ou outra em diferente situações. Muitos pais de crianças bilíngues logo explicam a diferença e dizem: In English ou em Português. No entanto, eu não queria fazer isso. Então, como é que eu fazia se eu não usava o nome da língua? Eu inventei um jeito que o Lucas desde pequeno entendeu.


Quando ele dizia algo em português eu dizia: OR! Isso mesmo, usava apenas essa palavra. OR significa OU, palavra que usava para que ele dissesse a versão em português. Ao usar apenas essa palavra o Lucas mudava de código. Era automático e super fácil. Outra maneira que eu usava era uma palavra em inglês, tipo THE! Tipo o que aparece no vídeo abaixo, ou iniciava a fala com a intonação em inglês.






Bom, há duas semanas mais ou menos, por algum motivo, o Gustavo decidiu explicar para o Lucas que ele falava duas línguas, uma era o português e a outra inglês. Na hora eu logo questionei e ainda argumentei que não era necessário, mas também não fiquei chorando pelo leite derramado.


Dois dias depois, Lucas voltando comigo da escola, ele fala o seguinte no carro:


L: mommy, why you are slow?

A: because there is a horse in front of us.

L: Horse live on farm. Fazendinha em português.

A: That's right, farm is fazenda.


Fiquei chocada! Não estava esperando algo assim.


Na manhã seguinte, ao acordar, ele pediu para fazer xixi no penico. Segue a conversa com a Tata que não fala inglês (mas já entende muuuito). Vale um post sobre isso.


L: Tata, I wanna pee in the potty.

T: O que, Lucas?

L: The potty

T: Não entendi, Lucas

L: Penico. Penico is in Português e potty is in English


Achei a coisa mais fofa e consegui gravar só o fim dessa interação.




Desde então ele tem feito essas traduções. Hoje mesmo, no carro indo para a escola ele me diz assim.


L: I am a boy, I have a weenie. Daddy too. You are a girl and have vagina.

A: That's right.

L: Vagina is English? (falou o som da palavra em inglês)

A: Yes, it is.

L: And Portuguese?

A: Vagina.

L: Ok.


Até agora só aconteceu um caso de ele confundir se a palavra é em inglês ou em português e eu achei o MÁXIMO. Olhem só:


A: Lucas, who took you to school today?

L: Vovô Dora and Vovó Isa.

A: How nice!

L: vovô is in English and Grandpa is in Portuguese.

A: No, Lucas. It is the opposite. Grandpa is in English, like Grandpa pig from Peppa, remember?


Achei o máximo porque como ele não se deu conta que eu usava uma palavra em português no meio da minha fala em inglês. Na cabecinha dele, toda a minha frase é em inglês e portanto, vovô é uma palavra em inglês. É ou não é o máximo essa conclusão dele?


Bom, desde então tivemos vários momentos que precisamos explicar as duas línguas (sons das letras e a triagem com a fono, por exemplo). Então, no fim das contas, valeu a pena o pai dele ter explicado.


Ok, Gustavo, estás perdoado.





#bilinguismo #codeswitching #codemixing #english #portuguese #portugues #desenvolvimentodalinguagem



304 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

©2019 by Aline Jaeger. Proudly created with Wix.com